Jaru: Suposto falso advogado é conduzido pela PM , em escritório próximo ao Inss

José Laerte Filho, foi detido pela Policia Militar nesta manhã desta quinta-feira (08). Ele é suspeito de exercer ilegalmente a profissão de advogado no município de Jaru, interior de Rondônia.

A condução aconteceu após a Ordem dos Advogados Subseção Jaru – OAB, receber uma denúncia anônima.

Laerte atendia em um escritório de advocacia localizado na Avenida Rio Branco, próximo ao INSS no centro da cidade, mas não é registrado na OAB, diante disso a Polícia Militar foi acionada e ele acabou conduzido para a Unidade Integrada de Segurança Pública – UNISP.

A ação foi acompanhada pela Comissão de Ética e Prerrogativa da OAB do município. “Na hora que nós chegamos ele estava dentro de uma sala com uma cliente ”, explicou Indiano Pedroso, presidente da OAB Jaru.

Ainda de acordo com Indiano, os casos são recorrentes, mas o flagrante nem sempre acontece porque os suspeitos se escondem. “Mas diante do fato que nos informado hoje, nós imediatamente tomamos as devidas providências”, destacou.

Caso comprovado o ilícito penal  Laerte poderá responder  pelo crime de exercício ilegal da profissão. “O delegado vai adotar as providências que a Lei determina para o delito”, disse Indiano.

Indiano lembrou, que a OAB no município está atenta e fiscaliza a atividade. “A OAB aqui em Jaru está atuando firme, recebendo a denúncia, nós vamos apurar os fatos, constatando a veracidade vamos acionar a polícia” finalizou.

A pena para quem exerce ilegalmente a profissão vai de 06 meses a 01 ano de prisão.

José Laerte, não quis falar sobre o caso, mas respondeu que é formado em direito e confirmou que não possui registro na OAB e ainda que não exercia a profissão.

Comissão OAB
Acompanharam a ação os advogados, Indiano Pedroso, Anderson Anselmo
Henrik França Lopes e Rodrigo Venturelle.

Compõem a comissão de ética e Prerrogativa os advogados, Indiano Pedroso, Kinderman Gonçalves, Anadrya Terada e Sérgio Pegorer.

 

 

Informações Balança Jaru – Dieferson Soares

Vejá também

Deputados aprovam projeto que alonga dívida do Beron , medida vai custar aos cofres públicos em torno de 7 bilhões

Na tarde desta terça-feira (14) a Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia, aprovou por nove …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *