RO : Apenado é baleado por agente penitenciário dentro de Fórum Criminal após audiência

Preso tinha participado de audiência quando foi baleado nas pernas. Projétil atravessou panturrilha e se alojou no calcanhar da outra perna.

Um homem de 24 anos, apenado da penitenciária estadual Milton Soares de Carvalho (470), foi baleado por um agente penitenciário. O caso aconteceu na tarde da última sexta-feira (8), logo após uma audiência no Fórum Criminal Fouad Darwich Zacharias, em Porto Velho. O agente alega que a arma disparou acidentalmente.

Segundo a Polícia Militar (PM), o agente penitenciário tirava a ‘bandoleira’ para guardar a arma, uma carabina calibre ponto 40, quando aconteceu o disparo. O apenado estava próximo à carceragem do Fórum, virado para a parede, quando foi baleado. A bala atravessou a panturrilha da perna esquerda e se alojou no calcanhar da perna direita.

Policiais e agentes estancaram o sangramento e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu o preso ao Hospital de Pronto Socorro João Paulo II.

Segundo registro de ocorrência, é a segunda vez que uma arma desse mesmo modelo dispara acidentalmente. Um incidente igual teria sido registrado em Machadinho d’Oeste. A carabina foi recolhida e encaminhada à perícia, para que seja verificado se o armamento tem condições de uso.

Em conversa com o agente, o delegado entendeu que não houve o acionamento intencional do armamento. O agente penitenciário também não conhecia o apenado. O agente foi ouvido por um delegado na Central de Polícia e liberado em seguida. Assim que receber alta, segundo a polícia, o apenado será ouvido sobre o caso.

A assessoria da Secretaria de Justiça do Estado (Sejus) informou em nota que aguarda o resultado da perícia para tomar as medidas cabíveis.

Confira a nota

Sobre incidente envolvendo um servidor agente penitenciário, que foi ouvido e liberado, tendo o mesmo – no direito de se defender – apresentado a versão de tiro acidental, que atingiu a perna de um reeducando, durante acompanhamento de rotina para audiência de custodia, a Sejus tem a informar que acompanha o caso e que aguarda o resultado pericial.

 

G1

Vejá também

Deputados aprovam projeto que alonga dívida do Beron , medida vai custar aos cofres públicos em torno de 7 bilhões

Na tarde desta terça-feira (14) a Assembléia Legislativa do Estado de Rondônia, aprovou por nove …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *