explosicao


Cansada de ser assediada por colega de trabalho, mulher compra revólver e acaba presa após denúncia

Uma mulher de 32 anos de idade foi presa na terça-feira (3) pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Ela foi denunciada pelo motorista 34 anos, que trabalha com ela em uma empresa particular. A mulher alega que comprou a arma para se defender do assédio que sofria do motorista durante o horário de trabalho.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher contou que o motorista a estava assediando durante o horário de trabalho, falando palavras chulas e querendo forçá-la a manter relações sexuais com ele. Mesmo alegando ser casada e pedindo para o colega de trabalho parar, o homem insistia. Ela contou ainda que chegou a falar para alguns colegas de trabalho sobre o ocorrido e as testemunhas falaram que era para ela gravar um vídeo no celular para ter como provas na hora de fazer a denúncia.

No entanto, não aguentando mais os assédios, a mulher decidiu comprar um revólver, tendo inclusive mostrado para alguns colegas. Já no final da tarde de terça-feira (3), os dois estavam no caminhão na BR-364, quando ela pediu para ele parar o veículo pois precisava pegar algo em sua bolsa. O motorista parou, depois de revirar sua bolsa ela disse que estava faltando um objeto e começou a olhar a bolsa de outros funcionários.

O motorista seguiu viagem e parou no quartel da PM em Candeias do Jamari, onde relatou a situação. Os policiais conseguiram localizar um revólver calibre 38 municiado e a mulher recebeu voz de prisão.

Fonte: Rondoniagora

Vejá também

URGENTE – Tenda do camarote Villa Sertaneja cai em cima de poste de alta tensão e causa pânico

Um susto na noite deste domingo (23), quando parte da estrutura do camarote Villa Sertaneja …

One comment

  1. Verdade deveria ter gravado o assédio de cara prova ia ser mais verídica ….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *