Caerd inicia gestão compartilhada com o governo , passando a ser administrada pelos servidores efetivos do próprio quadro.

Publicado em: 11 de julho de 2018 às 20:19

Depois de passar por um longo período de ostracismo com greves e folha de pagamentos atrasados, os servidores da Companhia de Águas de Esgoto de Rondônia (Caerd) começam a viver uma nova realidade

O deputado estadual Hermínio Coelho (PCdoB),  foi um dos autores do Projeto de Decreto Legislativo nº 283/18 que sustou os efeitos do Decreto Governamental nº 22.720 de 5 de abril de 2018 ,  que revogou todos os atos decorrentes a liquidação e extinção da Companhia de Águas de Esgoto de Rondônia .

Garantindo assim a permanência de todo o quadro funcional de servidores efetivos, e a manutenção da empresa que em outros tempos ofereceu relevantes serviços a grande parte da sociedade rondoniense .

Vale ressaltar que quando Daniel Pereira assumiu o governo do estado, os servidores estavam com cinco folhas salarial acumuladas sem receberem, atualmente restam apenas duas com previsão de até outubro os trabalhadores estarem com seus salários em dia.

Nesta quarta-feira (11), o Governado Daniel Pereira , O presidente da Assembleia Maurão de Carvalho  e o deputado estadual Hermínio Coelho, se reuniram com o Sindicato e servidores,  dando inicio a gestão compartilhada com o Governo do Estado, onde toda a administração será feita pelos servidores efetivos do próprio quadro.

 

CONEXAOJARU

Vejá também

Eletrobras vai reabrir plano de demissão de funcionários; Leilão de distribuidoras será dia 30

A Eletrobras vai reabrir o Plano de Demissão Consensual (PDC) neste segundo semestre. O presidente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *