Espaço sem Banner de Publicidade



Vereador Badú pede providências em iluminação na avenida principal em Tarilândia-Vídeo

O vereador Edivaldo de Oliveira (Badú Som), gravou um video nesta quarta-feira(14), onde mostra a falta de iluminação em parte da avenida principal no distrito de Tarilândia município de Jaru.

Na gravação o vereador Badú fala que da entrada do distrito, até o inicio dos pontos comerciais, a iluminação Led recém inaugurada não está funcionado, ele disse ainda que vai cobrar da administração atual, do secretário municipal de obras, o por que das lâmpadas estarem apagadas , e uma solução para o problema.

Fica o espaço aberto para a administração municipal se manisfestar, sobre o assunto abordado na matéria, caso deseje.

Por: CONEXAOJARU

Em seu facebook oficial, a prefeitura do município de Jaru, disse não ter finalizada a iluminação na avenida principal no Distrito de Tarilândia. 

Iluminação de led em Tarilândia está quase pronta, informa prefeitura

Já estão praticamente finalizados os serviços de implantação da iluminação de led na avenida principal do distrito de Tarilândia. Apenas um trecho está em fase de instalação do cabeamento. Já nos próximos dias, toda extensão da via será ligada.

De acordo com o prefeito João Gonçalves Júnior, ao todo são quase 2 km de iluminação. “São mais de 600 mil investidos com recursos próprios da prefeitura”, informou.

As lâmpadas de led, além de deixar o distrito ainda mais bonito, são mais resistentes e contribuem com um consumo sustentável e responsável.

Ainda segundo o prefeito, esta é mais uma ação que contou com o apoio irrestrito da Câmara Municipal. “ Quero agradecer a parceria dos nossos vereadores”, reiterou.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre
A imagem pode conter: atividades ao ar livre
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

 

Vejá também

Preso por crimes financeiros, senador Acir Gurgacz pede ao STF para parcelar multa judicial

Parlamentar que cumpre pena em casa foi condenado a pagar R$ 626,6 mil. Defesa quer …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *